Aves BenficaBoavistaBraga FC PORTO MaritimoMoreirense PortimonenseRio AveSanta ClaraSportingTondelaVit.GuimarãesVitória de Setubal

Você está aqui:Temática Futebol»Análise»«NÃO ENTRÁMOS EM EUFORIAS ANTES, NEM ENTRAMOS EM DEPRESSÃO AGORA»
segunda, 17 fevereiro 2020 20:51

«NÃO ENTRÁMOS EM EUFORIAS ANTES, NEM ENTRAMOS EM DEPRESSÃO AGORA» Destaque

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)

O discurso de Luís Filipe Vieira na abertura da entrega dos galardões Cosme Damião serviu para reagir ao momento da equipa de futebol, que acaba de desperdiçar uma vantagem de sete pontos na liderança da Liga para gozar apenas um de diferença para o segundo classificado, o FC Porto.

 

O presidente do Benfica mostrou-se convicto de que a equipa irá reagir a esta «fase menos boa» para fechar a época a festejar, por duas vezes, no Marquês de Pombal, o título de campeão nacional e a conquista da Taça de Portugal.

 

«Seis pontos perdidos nos últimos dois jogos. Uma diferença de sete pontos que se transformou em apenas um. Não é isso que nos fará mudar. Por muito ruído que façam os pessimistas do costume, os especialistas em dizer mal e, sobretudo, aqueles que esperam que tudo corra mal para poderem falar, a nossa determinação continua intocável. Mantemos a liderança da Liga e estamos cientes que todos os caminhos se fazem de altos e baixos. Acredito que a esta fase menos boa seguir-se-á um trajecto que culminará, por duas vezes, no Marquês de Pombal», começou por dizer o líder do clube da Luz.

 

«Não entrámos em euforias antes, nem entramos em depressão agora. Nada estava ganho, nada está perdido. É importante continuarmos juntos. Unir esforços. Continuar a apoiar jogadores e equipa técnica para superar as dificuldades que surgirem. Com determinação e querer. É esta a nossa fibra. É este o nosso ADN. Nunca desistir, nunca baixar os braços, nunca vergar, para, no fim, vencer», acrescentou, antes de deixar um apelo à união em torno da equipa:

 

- Foi sempre nos momentos mais difíceis que nos tornámos mais fortes. Queremos ganhar. E merecemos ser felizes. Juntos. Vocês são o exemplo disso mesmo. Todos vós e todos aqueles que, de igual forma, construíram a história dos nossos 116 anos. E por isso o nosso muito obrigado.

 

Fonte: Abola

 

Ler 119 vezes Modificado em segunda, 17 fevereiro 2020 20:57

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Parceiros Estrategicos:

     

We use cookies to improve our website and your experience when using it. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. To find out more about the cookies we use and how to delete them, see our privacy policy.

  I accept cookies from this site.
EU Cookie Directive Module Information