AvesBelenenses SADBenficaBoavistaBragaChavesFC PORTOFeirenseMaritimoMoreirenseNacionalPortimonenseRio AveSanta ClaraSportingTondelaVit.GuimarãesVitória de Setubal

Você está aqui:Modalidades»Ciclismo»Ciclismo Estrada»ENRIC MAS LIDERA QUICK STEP NO ALGARVE
quinta, 03 janeiro 2019 21:05

ENRIC MAS LIDERA QUICK STEP NO ALGARVE Destaque

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)

O espanhol Enric Mas, 23 anos, será o líder da Deceuninck-Quick Step na Volta ao Algarve, que se vai disputar entre 20 e 24 de fevereiro. O corredor maiorquino realizou em 2018 uma época de grande nível, foi segundo na Volta à Espanha depois de ter conquistado a etapa rainha em Andorra, ganhou uma etapa na Volta ao País Basco, venceu a Hammer Sportzone Limburg e foi 4.º na Volta à Suíça.

 

«Tenho boas recordações de Portugal, onde comecei a ganhar corridas. Estava na altura com 21 anos e representava a Klein Constantia, juntamente com o meu amigo Nuno Bico. Corri a Volta ao Alentejo, venci a 2.ª etapa que finalizou no castelo em Montemor e a geral na chegada a Évora, nesse ano ainda venci o Tour de Savoie Mont Blanc e fui segundo no Giro de Valle D’Aosta». O ano passado, já com as cores da Quick Step-Floors, correu a Volta ao Algarve na qual foi 33.º e à qual regressa em fevereiro. «Será a primeira competição da temporada e nunca sabemos como vão reagir as pernas. Conheço as chegadas à Foia e ao Malhão, onde se deverá decidir a corrida. O percurso do crono deverá ser muito idêntico ao do ano passado e vai dar luta entre os especialistas. Lutarei pelos melhores resultados mas o objetivo é adquirir ritmo competitivo para chegar bem à Catalunha e ao País Basco», afirmou Mas a A BOLA desde Maiorca, onde passou a noite de fim de ano.


Com as clássicas das Ardenas e Volta à Suíça no calendário, o sonho de Mas passa por estar na Volta à França, depois de ter sido segundo na Vuelta. «Gostava de correr o Tour e fazer melhor que na Volta à Espanha que seria vencer. Não é impossível mas será muito difícil. Este inverno vou trabalhar para chegar a França e fazer coisas bonitas. Necessito de sorte numa corrida de três semanas. O percurso é bastante duro, com muitas etapas em altitude e com apenas duas de contrarrelógio, a primeira por equipas logo no início e a individual a meio da corrida. Em princípio, iremos ter uma equipa direcionada às etapas planas, nas quais necessitarei mais do seu apoio. Vamos com calma, ainda falta muito para chegar a julho, para já pensamos no Algarve e depois na Catalunha», disse a uma televisão espanhola numa entrevista conduzida por Alberto Contador.


No Volta ao Algarve, Enric Mas vai ter a companhia de Remco Evenepoel, Rémi Cavagna, Davide Martinelli e Florian Sénéchal.

Fonte: ABOLA/Por Fernando Emílio

Ler 99 vezes Modificado em quinta, 03 janeiro 2019 21:09

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

We use cookies to improve our website and your experience when using it. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. To find out more about the cookies we use and how to delete them, see our privacy policy.

  I accept cookies from this site.
EU Cookie Directive Module Information