Aves BenficaBoavistaBraga FC PORTO MaritimoMoreirense PortimonenseRio AveSanta ClaraSportingTondelaVit.GuimarãesVitória de Setubal

Você está aqui:Notícias futebol»Julgamento de Franz Beckenbauer termina sem veredicto
quarta, 29 abril 2020 19:43

Julgamento de Franz Beckenbauer termina sem veredicto Destaque

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)

O julgamento do grande jogador de futebol alemão Franz Beckenbauer sobre as acusações de corrupção ligadas ao Campeonato do Mundo de 2006 terminou sem um veredicto depois de ter sido anteriormente suspenso por causa da pandemia de coronavírus.

O julgamento de cinco anos, realizado na Suíça, de Beckenbauer, de 74 anos, e três outros homens, foi suspenso por causa da crise de saúde e o prazo de prescrição expirou.

Beckenbauer, que chefiou o comité organizador do Campeonato do Mundo de 2006, negou as acusações.

A Fifa disse na terça-feira (28 de Abril) que estava decepcionada que o julgamento não continuasse.

"A Fifa está profundamente decepcionada que o julgamento relacionado com o Campeonato do Mundo da FIFA Alemanha 2006 não ocorra porque agora está com o tempo estipulado", afirmou em comunicado o órgão governamental do futebol mundial.

"O facto de o caso ter terminado sem resultado de qualquer tipo é muito preocupante, não apenas para o futebol, mas também para a administração da justiça na Suíça".

A Fifa disse esperar que a "verdade" em torno do pagamento de 10 milhões de francos suíços (US $ 14,5 milhões) no centro das acusações venha à tona um dia.

"Para a Fifa, este caso certamente não acabou, pois não podemos e não aceitaremos que um pagamento de 10 milhões de francos suíços seja feito de contas da Fifa sem uma razão adequada".

Beckenbauer foi vencedor do Campeonato do Mundo como jogador em 1974 e treinador quando a Alemanha Ocidental venceu em 1990.

Na Suíça, o processo criminal referente a uma alegação de fraude deve ocorrer dentro de 15 anos.

Como o caso de Beckenbauer remonta a um incidente em 2005, os tribunais não têm mais jurisdição sobre o caso.

Beckenbauer foi acusado de fazer pagamentos ao ex-executivo da FIFA Mohamed bin Hammam em 2005.

Beckenbauer negou ter pago dinheiro a alguém "para comprar votos" para ajudar a Alemanha a ganhar o direito de sediar as finais de 2006.

A Alemanha venceu os favoritos da pré-votação da África do Sul por 12 a 11 na votação.

Fonte: AFP

Ler 103 vezes Modificado em quarta, 29 abril 2020 19:53

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Parceiros Estrategicos:

     

We use cookies to improve our website and your experience when using it. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. To find out more about the cookies we use and how to delete them, see our privacy policy.

  I accept cookies from this site.
EU Cookie Directive Module Information