Aves BenficaBoavistaBraga FC PORTO MaritimoMoreirense PortimonenseRio AveSanta ClaraSportingTondelaVit.GuimarãesVitória de Setubal

Você está aqui:Notícias futebol»Inglaterra vence Suíça nos penáltis e conquista terceiro lugar da Liga das Nações
domingo, 09 junho 2019 21:50

Inglaterra vence Suíça nos penáltis e conquista terceiro lugar da Liga das Nações Destaque

Escrito por
Classifique este item
(0 votos)

A seleção inglesa conquistou este domingo o terceiro lugar da Liga das Nações ao derrotar, em Guimarães, a Suíça nas grandes penalidades (6-5), após 0-0 no tempo regulamentar e prolongamento.

Depois de ter marcado uma das seis grandes penalidades cobradas pelos britânicos, Jordan Pickford decidiu o jogo de atribuição dos terceiro e quarto lugares da primeira fase final da competição, ao defender o penálti cobrado por Josip Drmic.

Apesar de não ter deslumbrado, a formação treinada por Gareth Southgate conseguiu uma justiça tardia, já que falhou mais de uma mão cheia de oportunidades - atirou quatro bolas aos ferros -, perante uma Suíça que privilegiou a defesa e raramente ameaçou a baliza.

Após a derrota na meia-final com a Holanda (3-1, após prolongamento), a Inglaterra reapareceu no Estádio D. Afonso Henriques, este domingo mais despido de adeptos, com o intuito de ferir a Suíça em ataques rápidos, conduzidos ao primeiro toque, e quase marcou aos dois minutos.

Desmarcado por Jesse Lingard, Harry Kane entrou na área pelo lado direito e tentou um chapéu que só não deu golo, porque o guardião Yann Sommer tocou ao de leve na bola e desviou-a para a barra.

Já os helvéticos mudaram o 4x3x3 da meia-final com Portugal (derrota por 3-1) para um 3x4x3, com os supostos alas, Edimilson Fernandes e Xherdan Shaqiri, a descaírem para o centro do terreno, mas a sua produção ofensiva foi nula na primeira parte, mesmo com alguma circulação de bola no meio-campo contrário, nos minutos iniciais.

Assente num 4x4x2, com meio-campo em losango, a equipa inglesa mostrava-se perigosa quando ultrapassava a linha média suíça: num desses lances, Raheem Sterling, desmarcado precisamente por Kane, ficou enquadrado com a baliza e rematou cruzado para defesa do guardião contrário, ao minuto 14.

O ritmo da partida decaiu até ao intervalo, mas a Inglaterra ainda criou duas ocasiões para marcar, ambas a partir de cruzamentos de Trent Alexander-Arnold, na direita: no primeiro, rasteiro e tenso, Sterling falhou a emenda por milímetros (29 minutos) e, no segundo, Dele Alli cabeceou por cima (35).

A segunda parte prosseguiu numa toada lenta até aos 70 minutos, à exceção de duas ocasiões, uma para cada lado: aos 55 minutos, o guardião suíço desviou para o poste um corte de Fabian Schar na direção da própria baliza, enquanto Granit Xhaka obrigou Jordan Pickford a defesa difícil, aos 56.

Os britânicos arriscaram um pouco mais na ponta final e introduziram mesmo a bola na baliza, aos 84 minutos, pelo recém-entrado Callum Wilson, após cabeceamento de Dele Alli à barra. O avançado, no entanto, cometeu falta sobre Manuel Akanji e o golo foi anulado com recurso ao videoárbitro, para desagrado dos adeptos ingleses, em larga maioria nas bancadas.

O domínio inglês estendeu-se ao prolongamento, com cruzamentos para a área saídos da esquerda e da direita: num deles, tirado por Alexander-Arnold, Sommer negou o golo por duas vezes seguidas, a um cabeceamento de Dele Alli e à recarga de Sterling, aos 99 minutos.

A seleção dos três leões ainda teve tempo para 'esbarrar' de novo na trave, num livre batido por Sterling, aos 117 minutos, antes de conseguir o triunfo no desempate por penáltis.

Ler 67 vezes Modificado em domingo, 09 junho 2019 21:53

Deixe um comentário

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Parceiros Estrategicos:

   WS Consulting  

We use cookies to improve our website and your experience when using it. Cookies used for the essential operation of this site have already been set. To find out more about the cookies we use and how to delete them, see our privacy policy.

  I accept cookies from this site.
EU Cookie Directive Module Information